Sobre o Passeio

Localizado a 130 km de Parnaíba, o Parque Nacional de Sete Cidades é um dos mais requisitados do Brasil, com 25 mil visitantes por ano. Destaca-se por suas pitorescas formações de arenito e por suas inscrições rupestres. A viagem pela BR 343 leva a pequena Piracuruca, entrada norte do Parque. O guia especializado conduzirá o grupo pelas Sete Cidades de Pedra, mostrando suas particularidades e curiosidades.

A jornada começa pela Sexta Cidade onde a atração é a Pedra da Tartaruga que leva este nome pela semelhança com as formas do casco deste animal. A Pedra do Elefante é outra singularidade desta cidade.

A Segunda Cidade é um dos pontos de maior interesse do Parque. Monumentos naturais são palco para a expressão do homem pré-histórico através de pinturas monocromáticas. A Pedra do Americano e dos Seis Dedos deixa claro esta manifestação, com seus desenhos geométricos e intrigantes. Prepare 3 pedidos com muito cuidado, pois ao passar sob o Arco do Triunfo eles se tornaram realidade, reza a lenda. Crendices à parte, esta bela formação impressiona tanto quanto a Biblioteca, com suas pedras que remetem a livros empilhados. Após uma subida leve, o Parque então se descortina aos olhos do expectador que pode vislumbrar as Cidades de Pedra através da Vista Panorâmica.

Na Quarta Cidade, há vários arcos (que é uma constante em Sete Cidades) com formas interessantes. O Archete, Mapa do Brasil, Mapa do Ceará e a Passagem do Índio são exemplos disso. Conhecer a história do Curandeiro José Catirina, torna a visita à gruta onde ele morava uma experiência mística. Até hoje é possível perceber vestígio de sua presença, seja no orifício encontrado na rocha do piso da gruta, usado para preparar suas porções medicinais, seja no túmulo que guarda os restos mortais de seu filho.

A Furna do Índio é a formação mais surpreendente da Quinta Cidade, junto com as inscrições nela encontradas. Lá também pode-se fotografar a Pedra do Camelo, Pedra do Rei e a Casa da Guarda, todas com suas formas peculiares.

Com o maior número de monumentos geológicos do Parque, passear pela Terceira Cidade é um convite à imaginação! Lá encontram-se as Pedras do Imperador, Dedo de Deus, do Preto Velho, do Beijo, dos Três Reis Magos, de Nossa Senhora, do Oratório, do Pombo e de novo o Mapa do Brasil, desta vez, pasme, com divisões por estados.

A última será a primeira! Para encerrar este inquietante roteiro a Primeira Cidade mostrará: a Floresta de Pedra, a Pedra dos Canhões o Olha D’agua dos Milagres, a Pedra do Bule, o Mapa do Piauí e para fechar com grande estilo, a Cachoeira do Riachão (períodos de cheia) .

A Sétima Cidade tem sua visitação proibida. Ela guarda a sete chaves a fauna e a flora selvagens do lugar para que mantenha toda a sua exuberância, longe dos olhos bisbilhoteiros do bicho-homem.

Conhecido internacionalmente, Sete Cidades já foi mencionada pelo escritor francês Erich Von Däniken, autor do cult “Eram Os Deuses Astronautas?”, e despertou largo interesse em diversos segmentos científicos, atraindo historiadores, geólogos, arqueólogos e até ufólogos. Conheça e descubra porquê!!

Períodos disponíveis

PeríodoHorário de SaídaHorário de Retorno
horas horas
Compre pelo telefone e tenha atendimento personalizado.
Ligue agora 0800 838 0008 - (86) 3323.9595